terça-feira, 23 de janeiro de 2018

A dialética dos conhecimentos pedagógicos dos conteúdos tecnológicos e suas contribuições para a ação docente e para o processo de aprendizagem apoiados por ambiente virtual

Apresentamos os resultados de uma pesquisa que focaliza o diálogo didático mediado on- line e sua avaliação como formas de construção de conhecimento e desenvolvimento de habilidades. Utilizou-se uma abordagem dialética, em estudo de caso, caracterizado pela adoção de momentos etnográficos em disciplina do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de São Paulo, no primeiro semestre letivo de 2003. O ponto central da investigação foi a avaliação da comunicação dialogada em fóruns on-line. A partir de revisão teórica, foram definidas categorias de análise com foco nas dimensões cognitivas e sociais da aprendizagem, norteadoras do processo de avaliação na perspectiva teórica de investigação permanente. Foi então desenvolvido um protótipo de um sistema informatizado de avaliação - o Di@loga -, como subsídio à avaliação da comunicação dialogada em situações de ensino-aprendizagem em rede. A análise dos dados apontou a comunicação dialogada através dos fóruns como estratégia adequada à construção de conhecimento em contextos específicos, que consideram o aluno como centro do processo na perspectiva de aprendizagem cooperativa. Os resultados iluminaram a construção de referenciais para avaliação da educação apoiada em tecnologias da Internet.

Clicar AQUI para ver em PDF.

VAN DER LINDEN, Marta Maria Gomes. Mediated On-Line Didactic Dialog: support for evaluation in teaching-learning environments. 2005. 261 p. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

Tese (Doutorado) – Orientação: Dra. Stela C B Piconez - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2014.

Uso de jogos digitais no desenvolvimento de competências curriculares da matemática.





Este doutorado investigou as contribuições dos jogos digitais no desenvolvimento de conhecimentos matemáticos previstos nas competências curriculares em uma escola estadual de tempo integral, situada em Cotia - São Paulo. As análises realizadas foram fundamentadas a partir das categorias estudadas pelo psicólogo e educador Reuven Feuerstein quanto às mudanças na estrutura cognitiva (EAM) de alunos do Ensino Fundamental II. Foram adotados técnicas e procedimento de pesquisa triangulados como a observação participante, entrevistas semiestruturadas, entrevistas informais, grupos focais, gravação de áudio e vídeos, fotos, diários de campo, atividades com os jogos digitais, um ambiente virtual (Moodle) e a combinação de duas redes sociais, FaceBook e WhatsApp. Os resultados apontaram que: i) o contexto escolar representa espaço privilegiado de sistematização e compreensão do complexo registro notacional da Matemática com a mediação dos jogos digitais; ii) o ensino da Matemática por meio de jogos digitais conferem sentido e significado às aprendizagens dos alunos; iii) os jogos digitais conferem ao desenvolvimento de competências e habilidades cognitivas com flexibilidade, autonomia, transcendência e construção de significados que são alguns critérios de mediação apontados por Feuerstein; iv) os jogos digitais favorecem a compreensão de conteúdos matemáticos de forma colaborativa e lúdica; v) os professores de Matemática necessitam de formação permanente que possa ampliar as transformações pedagógicas inovadoras de novos modos de aprender e de ensinar; vi) as abordagens pedagógicas podem se beneficiar de perspectivas contemporâneas como mobile-learning, Flipped-classroom e Bring Your Own Device como formas de reduzir os desafios e dificuldades das escolas públicas (políticas educacionais, infraestrutura, formação docente).

Clicar AQUI para ver em PDF. 


PEREIRA, Adalberto Bosco Castro. Uso de jogos digitais no desenvolvimento de competências curriculares da matemática.

(Tese (Doutorado) – Orientação: SILVA, Flávio Correa. Instituto de Matemática e Estatística  - IME - Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2017.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Jogos digitais no desenvolvimento de conceitos matemáticos sob perspectiva BYOD e abordagem m-Learning na escola pública

Fostering collaborative knowledge with cmaptools in geography classroom



Autores: Campelo, L F e Piconez, Stela C Bertholo (FE-USP)


Concept maps create opportunities for students to show meaningful relationships between concepts taught in Geography. They are concise representations of the conceptual structures that favor the learning of these structures. However, unlike other didactic materials, concept maps are not self-instructive and depend on the teachers teaching position towards collaborative learning and, therefore, are more meaningful for students. Their use also depends on the familiarity that students have with both content to be learned and with digital applications such as CmapTools. It is a strategy appropriate to the paradigm shift from traditional assessment to qualitative and formative learning processes, so that they are potentially meaningful and allow for the integration of reconciliation and differentiation of concept meanings. Its rationale is based on David Ausubel’s cognitive learning theory. It is a technique developed in the mid-seventies by Joseph Novak and his colleagues at Cornell University in the United States. In this article, we present the results of research carried out on the teaching and learning of geographic concepts with 38 students of a high school in Brazil. Initially the students individually created the concept maps on paper before presenting the key concepts to the teacher. Subsequently, they were subdivided into pairs. The CmapTools application, in a collaborative way, created the opportunity to create a new concept map that was analyzed and peer-reviewed. The results showed significantly improved conceptual quality maps than when constructed individually, thus indicating more meaningful and profound conceptual understanding.


 CLIQUE AQUI para abrir o PDF.


Desafios da Sustentabilidade Educacional e as Contribuições da Tecnologia Cloud Computing

Autores : Piconez, Stela C B, Zimmer, Josete M. e Pereira, A Bosco

Este artigo discute futuras tendências de Educação com tecnologias que favoreçam o debate sobre as questões de Sustentabilidade Educacional e o suporte da tecnologia Cloud Computing. Da mesma forma, visa relacionar os dois elementos presentes, seus desafios e contribuições mútuas para abordar as possibilidades estratégicas de interação fundamentada por epistemologia complexa, criativa, transdisciplinar e transcultural. Objetiva o entendimento sobre os espaços formais, informais e corporativos e suas funções sociais relevantes como contribuição ao fortalecimento de cidadania global. Educação com tecnologias, em todos níveis e/ou modalidades de ensino, pode favorecer a interatividade e a interação quanto às possibilidades de intencionalidade educativa. Defende uma nova postura comunicacional, alicerçada na autoria do usuário, na lógica da interatividade e constantemente (re) significadas. 

Apresentação realizada no Congresso da sociedade Brasileira de Computação, 2017
Local: Universidade Presbiteriana Mackenzie - São Paulo -SP
Evento: Desafie! 

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

The Top 200 Tools for Learning - 2017



The Top 200 Tools for Learning 2017 é uma lista compilada por Jane Hart do Centre of Learning & Performance Technologies, resultado de votação obtida por Survey de 2,174  pessoas que destacaram principais ferramentas utilizadas para ações de aprendizagem, ensino, informação, comunicaçÃo, criação/produção de conhecimentos, entre outras. 
Este link remete à apresentação (slideshare) e revela as principais tendências no ranking de maior acessibilidade das ferramentas e/ou aplicativos mais utilizados. 
Tenho utilizado como apoio nas aulas de pós-graduação da FEUSP para que pesquisadores em formação possam compreender e fundamentar as tendências que precisam apoiar a seleção de mídias em atividades de ensino e de aprendizagem.

Disciplina da Pós-graduação : Ambientes Virtuais, novos modos de ensinar e novos modos para aprender (EDM 5053) - FEUSP

Docente-responsável: Profa. Dra. Stela C. Bertholo Piconez

Vale a pena  conferir!

  Clicar AQUI para acessar o link.

Como Criar um Blog no Blogspot




Pela facilidade de criação e manutenção e pela existência de vários serviços gratuitos na internet, o blog é uma ferramenta que facilita o processo de inclusão digital.

Compartilha olhares diferenciados e significativos que favorecem a reflexão e entendimento de pesquisadores, estudantes, desenvolvedores e interessados na área de produção de conhecimentos, tendo o aluno como protagonista de suas aprendizagens, sempre significativas e carregadas de sentido e significado. Na produção de novos percursos e significações para a apropriação da cultura digital e suas interfaces com as estratégias metodológicas do currículo escolar, o blog configura-se como ferramenta relevante de suporte estratégico.

Autores: Zimmer, Josete M. e Piconez, Stela C. Bertholo Piconez
Publicação: Revista online - Tecnologias na Educação, Ano 8, V. 15, 12 págs, 2016.

Jogos eletrônicos, mobilidades e educações : trilhas em construção / Lynn Alves, Jesse Nery, organizadores. - Salvador : EDUFBA, 2015.

 CLIQUE AQUI para abrir o PDF.